Botafogo goleia Nova Iguaçu e assegura primeiro lugar no Grupo A da Taça Rio Reviewed by Momizat on . [caption id="attachment_621" align="alignleft" width="300"] Imagem: Divulgação[/caption] Mais uma grande exibição e uma vitória contundente do Botafogo. E de qu [caption id="attachment_621" align="alignleft" width="300"] Imagem: Divulgação[/caption] Mais uma grande exibição e uma vitória contundente do Botafogo. E de qu Rating:
Você está aqui:Home » CAMPEONATO CARIOCA » Botafogo » Botafogo goleia Nova Iguaçu e assegura primeiro lugar no Grupo A da Taça Rio

Botafogo goleia Nova Iguaçu e assegura primeiro lugar no Grupo A da Taça Rio

Imagem: Divulgação

Imagem: Divulgação

Mais uma grande exibição e uma vitória contundente do Botafogo. E de quebra, a primeira colocação no Grupo A da Taça Rio assegurada. Este é o Botafogo, com 100% de aproveitamento no segundo truno do Campeonato Carioca, e que, neste domingo, venceu o Nova Iguaçu, por 4 a 1, em Moça Bonita.

O show desta vez foi comandado pelos dois estrangeiros, Seedorf, autor de um gol, e Lodeiro, que fez outros dois. Dieguinho fez o gol do time da Baixada e Vitinho deu números finais à oitava vitória seguida.

Com 18 pontos, o Botafogo não pode mais ser alcançado pelo Volta Redonda. Assim, assegura a vantagem de jogar pelo empate na semifinal. Já o Nova Iguaçu permanece no terceiro lugar no Grupo A, com oito pontos ganhos.

Depois de mais esta vitória no Estadual, o Botafogo passa a pensar na estreia na Copa do Brasil. O time do técnico Oswaldo de Oliveira enfrenta o Sobradinho, na próxima quarta-feira, às 22h, no Distrito Federal, no Bezerrão. No Carioca, volta a jogar domingo, às 16h, contra o Volta Redonda, no Raulino de Oliveira. No mesmo dia e horário, o Nova Iguaçu encerra sua participação no campeonato contra o Olaria, na Rua Bariri.

PRIMEIRO TEMPO
Já classificado para a semifinal da Taça Rio, o Botafogo entrou em campo neste domingo com sete alterações na equipe em relação ao último jogo. Com as fortes chuvas que caíram no Rio de Janeiro no fim de semana, o gramado de Moça Bonita estava com poças d’água quando a bola rolou. Entretanto, isso não foi obstáculo para os alvinegros desenvolverem seu futebol.

Com a boa fase de Seedorf e Lodeiro, mais a velocidade de Vitinho, que começou como titular, o Botafogo dominou o jogo desde o apito inicial. No entanto, o time não conseguia concluir as jogadas criadas com perfeição. O Nova Iguaçu pouco chegava ao ataque e não ameaçou.

Donos do meio-campo, Seedorf e Lodeiro logo se encarregaram de encerrar essa dificuldade e, aos 22, o holandês abriu o placar depois de passe do uruguaio. Na jogada, o camisa 10 tabelou com Lodeiro, que foi para linha de fundo pelo lado direito e, de perna direita, colocou na cabeça de Seedorf, que mandou para as redes.

No restante da primeira etapa, o Botafogo apenas administrou o placar. O time da Baixada, sem força ofensiva, não conseguiu dar trabalho para a defesa alvinegra e sequer criou um lance de perigo nos 45 minutos iniciais.

SEGUNDO TEMPO
O time do Botafogo retornou para o segundo tempo com uma alteração. Renato saiu para a entrada de Jadson. O experiente volante, que voltava ao time titular, deixou o campo por precaução, já que, segundo o técnico Oswaldo de Oliveira, ele ainda requer um tempo para voltar à antiga forma física.

A substituição não mudou muita coisa no meio-campo do Botafogo, que apenas administrava a partida. No entanto, Lodeiro recebeu ótimo passe de Seedorf e quase ampliou o marcador, aos três minutos. Aos 12, Bruno Mendes, que marcou apenas um gol no campeonato, arrancou, trombou com o zagueiro e chutou, mas a bola foi na trave. No rebote, Lodeiro apareceu e mandou para a rede.

O Nova Iguaçu, perdido em campo, tentava sair, mas, com um de seus elencos mais fracos do últimos anos, não conseguia assustar o goleiro Jefferson. Jogando com uma facilidade imensa, Seedorf e Lodeiro sobravam em campo e articulavam a maioria das jogadas ofensivas do Botafogo.

Assim, aos 24 minutos, em outra jogada tramada peloa dupla, Seedorf lembou Garrincha. Balançou, gingou para cima do lateral-esquerdo  Ualace e retribuiu o passe do gol dele no primeiro tempo, cruzando na cabeça de Lodeiro, que de peixinho, ampliou. Botafogo 3 a 0.

Depois disso, o Botafogo teve outras oportunidades, mas não conseguiu mais chegar ao gol do Nova Iguaçu. Já a equipe da Baixada, chegou ao seu gol aos 41. Em uma bobeira da defesa alvinegra, Dieguinho recebeu livre, Jefferson saiu mal e o atacante mandou para a rede. Era tarde demais para a equipe laranja esboçar um reação.

Ainda houve tempo para mais um gol do Botafogo. Vitinho marcou após cruzamento de Lucas, em bela jogada trabalhada pelo ataque. Este foi o terceiro jogo seguido que Vitinho balançou as redes. Ele já tinha marcado contra o Olaria e o Friburguense.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 4 X 1 NOVA IGUAÇU
Local: Moça Bonita, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 14/04/2013 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Luis Antonio Silva dos Santos (RJ)
Auxiliares: Wagner de Almeida Santos (RJ) e Jackson Lourenço dos Santos (RJ)
Público/renda: 1.605 presentes/870 pagantes/R$ 16.755,00
Cartões amarelos: Vitinho (BOT), Silvio (N
Cartões vermelhos: nenhum
GOLS: Seedorf 22’/1ºT (1 a 0), Lodeiro 12’/2ºT) (2 a 0), Lodeiro 24’/2ºT (3 a 0), Dieguinho 41’/2ºT (3 a 1), Vitinho 43’/2ºT (4 a 1)
BOTAFOGO: Jefferson, Lucas, Antônio Carlos (Dória 25’/2ºT), André Bahia, e Lima; Gabriel (Julio Cesar 29’/2ºT) e Renato; Lodeiro, Seedorf e Vitinho; Bruno Mendes – Técnico: Oswaldo de Oliveira.
NOVA IGUAÇU: Jeferson, Marcelinho, Leonardo, Sílvio e Uallace; Filipe (Márcio Guerreiro, 16’/2ºT), Léo Salino, Rodrigo Souza e Maycon; Thiago Correa (Dieguinho, 21’/2ºT) e Glauber (Belarmino 25’/2ºT) – Técnico: Leonardo Condé.

 

© 2013-2016 - Arquibancada Online - Proibida a Reprodução Total ou Parcial sem Divulgar a Fonte.