Botafogo vence Figueirense nos pênaltis e avança Reviewed by Momizat on . O Botafogo precisou dos pênaltis para avançar às oitavas de final da Copa do Brasil. Na noite desta quarta-feira, a equipe foi até Santa Catarina e perdeu do Fi O Botafogo precisou dos pênaltis para avançar às oitavas de final da Copa do Brasil. Na noite desta quarta-feira, a equipe foi até Santa Catarina e perdeu do Fi Rating:
Você está aqui:Home » CAMPEONATO CARIOCA » Botafogo » Botafogo vence Figueirense nos pênaltis e avança

Botafogo vence Figueirense nos pênaltis e avança

O Botafogo precisou dos pênaltis para avançar às oitavas de final da Copa do Brasil. Na noite desta quarta-feira, a equipe foi até Santa Catarina e perdeu do Figueirense no tempo normal por 1 a 0, mas ganhou na disputa de penalidades máximas por 5 a 4 para avançar de fase na competição nacional, com duas grandes defesas de Jefferson nos pênaltis..

Imagem Cristiano Andujar / vipcomm

Imagem Cristiano Andujar / vipcomm

Com o resultado, o Botafogo agora aguarda o sorteio da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para saber quem será seu próximo adversário no torneio nacional. O sorteio está marcado para o dia 6 de agosto.

Apesar de jogar fora de casa, o Botafogo começou melhor no confronto e quase abriu o placar aos 4min, quando Gabriel acertou a trave da equipe catarinense. Entretanto, na primeira chegada no confronto o Figueirense conseguiu inaugurar o marcador. Aos 8min, Ricardo Bueno aproveitou cruzamento e escorou conscientemente no canto de Jefferson, colocando os mandantes na frente.

Mal na partida após o gol sofrido, o Botafogo tinha dificuldades em criar chances perigosas para igualar o confronto.  A melhor chance da equipe carioca veio aos 43min, quando Seedorf chutou para firme defesa do goleiro Tiago Volpi.

Na volta para a etapa final, quem teve a primeira chance perigosa foi o Botafogo. Lodeiro soltou a bomba do bico direito da área aos 6min e viu Volpi fazer grande defesa no ângulo da meta catarinense. Mais perigoso, o clube carioca voltou a perder oportunidade, desta vez com Rafael Marques, aos 14min.

Melhor em campo no segundo tempo, o Botafogo ocupou o campo de ataque durante toda a etapa final, mas criava dificuldade no último passe. Já o time catarinense tentava decidir o confronto no contra-ataque. Sem alteração no placar, o duelo foi para os pênaltis.

Na disputa das penalidades máximas, Lodeiro e Ricardo Bueno perderam as primeiras cobranças. A igualdade permanecia até quando alguém errava: na quarta cobrança, Edilson e André Rocha foram parados por defesa dos goleiros adversários. O duelo foi para as séries alternadas e quem se deu melhor foi o Botafogo, que viu Jefferson ser herói ao defender a cobrança de Nem.

 

© 2013-2016 - Arquibancada Online - Proibida a Reprodução Total ou Parcial sem Divulgar a Fonte.