Boxeador da Namíbia é preso por suspeita de estupro na Vila Olímpica Reviewed by Momizat on . [caption id="attachment_4623" align="alignright" width="300"] Imagem: Divulgação[/caption] O pugilista da Namíbia Jonas Junias Jonas, de 22 anos, foi preso por [caption id="attachment_4623" align="alignright" width="300"] Imagem: Divulgação[/caption] O pugilista da Namíbia Jonas Junias Jonas, de 22 anos, foi preso por Rating: 0
Você está aqui:Home » Destaques » Boxeador da Namíbia é preso por suspeita de estupro na Vila Olímpica

Boxeador da Namíbia é preso por suspeita de estupro na Vila Olímpica

Boxeador da Namíbia é preso por suspeita de estupro na Vila Olímpica
Imagem: Divulgação

Imagem: Divulgação

O pugilista da Namíbia Jonas Junias Jonas, de 22 anos, foi preso por suspeita de estuprar uma camareira na Vila dos Atletas, na Zona Oeste do Rio, informou a Polícia Civil nesta segunda-feira (8).

O caso envolvendo o boxeador, que foi porta-bandeira de seu país na cerimônia de abertura da Olimpíada, ocorreu menos de uma semana após um marroquino ter sido preso suspeito do mesmo crime na Vila Olímpica.

De acordo com a camareira, Jonas tentou agarrá-la e beijá-la. Na denúncia, ela citou que o pugilista ofereceu dinheiro em troca de sexo. A vítima saiu correndo e procurou a polícia.

Jonas foi detido e levado para a 42ª DP (Recreio). Até o fim desta segunda-feira, ele deve ser levado para o Complexo Penitenciário de Bangu. A menos que consiga um habeas corpus, o lutador não vai conseguir participar da luta que faria nesta quinta-feira (11) contra o francês Hassan Anzille.

De acordo com o Código Penal, o crime de estupro se configura se o autor forçar a vítima a ter conjunção carnal, praticar ato libidinoso (qualquer um que vise prazer sexual) ou obrigar a vítima a permitir que se pratique ato libidinoso com ela. Portanto qualquer ato com sentido sexual praticado sem consentimento é considerado estupro

© 2013-2016 - Arquibancada Online - Proibida a Reprodução Total ou Parcial sem Divulgar a Fonte.