Com Engenhão interditado, Botafogo procura estádio para jogar o Brasileiro Reviewed by Momizat on . Maracanã terá jogos de Flamengo e Fluminense e é prioridade da diretoria botafoguense [caption id="attachment_998" align="alignleft" width="300"] Imagem: Wallac Maracanã terá jogos de Flamengo e Fluminense e é prioridade da diretoria botafoguense [caption id="attachment_998" align="alignleft" width="300"] Imagem: Wallac Rating:
Você está aqui:Home » CAMPEONATO CARIOCA » Botafogo » Com Engenhão interditado, Botafogo procura estádio para jogar o Brasileiro

Com Engenhão interditado, Botafogo procura estádio para jogar o Brasileiro

Maracanã terá jogos de Flamengo e Fluminense e é prioridade da diretoria botafoguense

Imagem: Wallace Dominique / Rádio Grande Rio / Arquibancada Online

Imagem: Wallace Dominique / Rádio Grande Rio / Arquibancada Online

A diretoria do Botafogo ainda não tem uma posição oficial da Prefeitura do Rio de Janeiro sobre o tempo em que o Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, vai ficar fechado. O local foi interditado por problemas em sua cobertura em março e, na melhor das hipóteses, só vai ser reaberto em 2014. Dessa maneira, o Botafogo precisa encontrar uma nova casa para mandar seus jogos na Copa do Brasil e no Campeonato Brasileiro, os dirigentes já estão trabalhando nisso.

A primeira alternativa é o Maracanã, que após a disputa da Copa das Confederações, em junho, deverá estar aberto para receber jogos do Brasileirão. O Botafogo vai encontrar neste caso a concorrência de Fluminense e Flamengo, mas deverá mandar a maior parte dos jogos neste estádio mesmo.

“Sabemos que vamos precisar equilibrar essa situação, pois são três times querendo jogar no mesmo estádio”, afirmou o diretor executivo do Botafogo, Sérgio Landau. Como o Vasco se nega a ceder seu estádio para o Fogão, por conta de discussões durante o Campeonato Brasileiro, com exceção do Maracanã, não há mais opções na cidade do Rio de Janeiro. Isso porque o estádio Moça Bonita, campo do Bangu, não tem refletores para receber jogos noturnos ou que acabem no fim da tarde.

Logicamente que o Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ), é outra opção tratada com carinho, ainda mais depois de o clube ter derrotado o Fluminense por 1 a 0 no último domingo, conquistando o título carioca. O Botafogo voltará a jogar lá no dia 22 de maio, quando pega o CRB-AL pelo confronto de volta da segunda fase da Copa do Brasil. Já o Estádio Giulitte Coutinho, em Mesquita (RJ), que pertence ao America-RJ, foi descartado depois de o Alvinegro ter feito uma vistoria no local.

Também não está descartada a realização de partidas fora do estado do Rio de Janeiro. Segundo Sérgio Landau o Botafogo recebeu propostas de algumas cidades para mandar seus confrontos. O dirigente não citou os nomes, mas sabem-se duas delas: Juiz de Fora (MG), cidade mineira onde o Alvinegro lidera em número de torcedores, e Brasília.

“Nós estamos analisando as melhores opções para o banco, discutindo com a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, e com todos os envolvidos. Queremos fazer uma grande campanha e lutar pela conquista do título brasileiro e, portanto, temos que escolher bem para que o elenco não sofra com isso”, afirmou Landau.

Dentro de campo o elenco voltou aos trabalhos nesta quarta-feira depois de dois dias de folga para comemorar o título do Estadual. Agora, além do confronto com o CRB, o foco está no Campeonato Brasileiro. A estreia será contra o Corinthians, no dia 25 de maio, um sábado, às 21 horas (de Brasília), no Pacaembu, em São Paulo (SP).

A diretoria está retomando as negociações para contratar o atacante Roque Santa Cruz, que tem contrato com o Manchester City até junho deste ano e está emprestado ao Málaga, da Espanha, até o fim deste mês. O jogador, que também defende a seleção paraguaia, é considerado prioridade para o ataque, mas ainda não chegou a um acordo sobre as bases salariais. Outro que interessa é o atacante Elias, que se destacou pelo Resende na disputa do Campeonato Carioca e tem grandes chances de ser anunciado já na próxima semana. Além de um atacante, o clube ainda procura mais três ou quatro reforços para fechar o elenco que vai disputar o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil.

© 2013-2016 - Arquibancada Online - Proibida a Reprodução Total ou Parcial sem Divulgar a Fonte.