Coritiba vence clássico contra Atlético-PR por 2 a 1 e volta à primeira colocação Reviewed by Momizat on . Com um gol de Geraldo no início do segundo tempo, o Coritiba venceu o Atlético-PR por 1 a 0 e reassumiu a liderança do Campeonato Brasileiro, uma vez que o Bota Com um gol de Geraldo no início do segundo tempo, o Coritiba venceu o Atlético-PR por 1 a 0 e reassumiu a liderança do Campeonato Brasileiro, uma vez que o Bota Rating:
Você está aqui:Home » Destaques » Coritiba vence clássico contra Atlético-PR por 2 a 1 e volta à primeira colocação

Coritiba vence clássico contra Atlético-PR por 2 a 1 e volta à primeira colocação

Com um gol de Geraldo no início do segundo tempo, o Coritiba venceu o Atlético-PR por 1 a 0 e reassumiu a liderança do Campeonato Brasileiro, uma vez que o Botafogo perdeu para o Grêmio. O triunfo fez o Coxa, único invicto até momento na competição, chegar aos 15 pontos e abrir dois pontos para o clube carioca. Já o Furacão segue com apenas seis pontos, na 19ª colocação. Esta é a terceira vez que o angolano balança as redes em Atle-Tibas em 2013. Antes, ele já havia balançado as redes nas finais do Campeonato Paranaense.

Foto: Coritiba/Divulgação

Foto: Coritiba/Divulgação

Empurrado pela torcida, o Coritiba começou a partida tomando as rédeas do clássico, Apesar de o Atlético-PR fechar bem os espaços da defesa e partir para o ataque em velocidade, o Coxa era mais ofensivo e quem buscava mais o gol adversário. Tanto que foi quem criou a primeira grande chance. Aos 12 minutos, Alex cobrou falta cruzada direto para o gol e a bola tinha endereço certo, mas Wéverton esticou-se para fazer a defesa.

Os donos da casa seguiam atacando mais, mas os inúmeros erros de passes impediam uma pressão. Tentando impor velocidade, o Alviverde esbarrava no último toque ou na forte marcação atleticana. O Furacão, por sua vez, também não aproveitava os erros do adversário, justamente por pecar pelo mesmo motivo. Após roubar a bola, o Rubro-negro acabava se perdendo na hora de fazer a ligação com o ataque e não levava perigo a Vanderlei.

Apesar da velocidade imposta pelos dois times, o jogo prendia-se muito no meio-campo, devido aos inúmeros e constantes erros de passes, que tiravam os torcedores do sério. Além disso, as tradicionais confusões em clássicos também apareceram no primeiro tempo. Lance de perigo somente aos 43, quando Éverton recebeu pela esquerda, avançou e chutou forte e cruzado, exigindo boa defesa do camisa 1 coxa-branca.

O segundo tempo começou de outra maneira. Com menos de dois minutos, cada lado perdeu uma boa chance. Primeiro, Éderson pelo Atlético-PR e depois Deivid pelo Coritiba. Melhor em campo, o Furacão desperdiçava boas chances de marcar o gol. E já diz o velho ditado que, quem não faz, toma.

Aos 11 minutos, Alex pegou a bola na intermediária, driblou dois adversários e lançou Robinho. O meia perdeu o tempo da bola, mas ainda assim conseguiu tocar para Geraldo, que, quase na linha de fundo bateu cruzado e abriu o placar para o Coxa.

Mesmo em desvantagem, o Rubro-negro não se intimidou e continuava atacando, só que com menos facilidade. Quando chegava, seguia desperdiçando, como com Éderson, que não apoveitou a furada do zagueiro e, cara a cara com o gol, isolou por cima. No final, aos 44, Marcão avançou sozinho na cara de Vanderlei, demorou para chutar e viu o goleiro fazer uma defesa espetacular, garantindo o 1 a 0 para o Alviverde.

CORITIBA 1 X 0 ATLÉTICO-PR

Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data/Hora: 14/07/2013 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Felipe Gomes da Silva (PR)
Auxiliares: Bruno Boschilia (PR) e Luiz Henrique Souza Santos Renesto (PR)
Público/Renda: 19.902 (22.299 total) / R$ 415.545,00

Cartões amarelos: Alex, Diogo e Robinho (CBA); Zezinho, Juninho e Pedro Botelho (CAP)
Cartões vermelhos: Não houve

Gols: Geraldo, aos 11′ do 2ºT (1-0);

CORITIBA: Vanderlei; Victor Ferraz, Leandro Almeida, Chico (Emerson, 32′ do 2ºT) e Diogo; Junior Urso, Robinho, Bottinelli (Lincoln, 12′ do 2ºT) e Alex; Éverton Costa (Geraldo, no intervalo) e Deivid.
Técnico: Marquinhos Santos

ATLÉTICO-PR: Wéverton; Léo, Manoel, Luiz Alberto e Pedro Botelho; Bruno Silva, Juninho (Paulo Baier, 291 do 2ºT), João Paulo, Zezinho (Marcão, 21′ do 2ºT) e Éverton; Éderson (Marcelo, 36′ do 2ºT).
Técnico: Alberto Valentim.

© 2013-2016 - Arquibancada Online - Proibida a Reprodução Total ou Parcial sem Divulgar a Fonte.