De virada, Flamengo vence Bangu e se recupera na Taça Rio Reviewed by Momizat on . O Flamengo venceu de virada, na noite desta quarta feira, o Bangu e conquistou o primeiro triunfo na Taça Rio, mantendo vivo o objetivo de chegar à semifinal da O Flamengo venceu de virada, na noite desta quarta feira, o Bangu e conquistou o primeiro triunfo na Taça Rio, mantendo vivo o objetivo de chegar à semifinal da Rating:
Você está aqui:Home » CAMPEONATO CARIOCA » De virada, Flamengo vence Bangu e se recupera na Taça Rio

De virada, Flamengo vence Bangu e se recupera na Taça Rio

O Flamengo venceu de virada, na noite desta quarta feira, o Bangu e conquistou o primeiro triunfo na Taça Rio, mantendo vivo o objetivo de chegar à semifinal da Taça Rio. O time rubro-negro levou um gol logo no início do jogo, mas, no segundo tempo, com um belo gol de Rodolfo e um de João Paulo, conseguiu virar e sair de campo vitorioso. Com o resultado, o Flamengo chega a quatro pontos e encosta nos líderes do Grupo B.

Imagem: Alexandre Vidal / Fla Imagem

Imagem: Alexandre Vidal / Fla Imagem

Na próxima rodada, o Flamengo vai encarar o Audax, em Moça Bonita, no domingo. Já o Bangu, que permanece com dois pontos, terá um confronto com o Resende, no Estádio do Trabalhador.

O JOGO

O primeiro tempo começou animado, mas para o Bangu. Logo aos três minutos, Hugo achou Sérgio Junior na área e o camisa 9 bateu para abrir o placar. Festa em Bangu! Pouco depois, mais um susto para os rubro-negros. Em um descuido do setor defensivo, Hugo apareceu na cara do goleiro Felipe e teve tudo para ampliar a vantagem, mas o camisa 1 saiu do gol e evitou o pior.

O que se viu no restante da primeira etapa foi um desperdício de oportunidade do Flamengo. E não foram poucas. Não importava com quem estivesse a bola, Rafinha, Gabriel, Hernane… Não adiantou, as chances apareceram, mas nenhuma aproveitada. O rubro-negro até conseguiu balançar a rede, aos 16 minutos, quando Hernane aproveitou rebote, chutou, a bola desviou na zaga e entrou. Porém, o Brocador estava em posição irregular. Do meio para frente o time de Joginho conseguiu trocar bons passes e até chegar próximo do empate, mas do meio para trás era um verdadeiro “Deus nos acuda”.

Em uma tentativa de mudar o panorama, Jorginho fez duas alterações, colocando Renato na vaga de Luiz Antonio e Rodolfo na vaga de Carlos Eduardo. Assim, Elias foi deslocado para a lateral direita. A mudança demorou para surtir efeito, mas surtiu. Aos 22, Rodolfo recebe na entrada da área, gira e acerta um bonito chute no ângulo direito do goleiro Getúlio Vargas. Indefensável!

Não demorou e Rodolfo quase fez o seu segundo gol e o segundo do time rubro-negro, mas o goleiro do Bangu salvou com os pés. A partir daí, pressão do Flamengo em busca da virada. E mais uma vez, dezenas de oportunidades jogadas fora. Já nos minutos finais, João Paulo cobrou falta para a área, a bola chegou a desviar em Ives, do Bangu, e entrou. Virada do Flamengo e festa da torcida rubro-negra!

Com a vitória, o Flamengo, agora, tem quatro pontos na Taça Rio e vê a chance de classificação à semifinal como algo real. Já o Bangu, com dois pontos pontos, vê a sua situação ficar complicada. Na próxima rodada, o time rubro-negro encara o Audax, domingo, em Moça Bonita, enquanto o Bangu terá pela frente o Resende, no Estádio do Trabalhador, em Resende.

FICHA TÉCNICA

BANGU 1 X 2 FLAMENGO

Estádio: Raulino de Olveira, em Volta Redonda (RJ)

Data/hora: 27/3/2013 – 22h (de Brasília)

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães

Assistentes: Dibert Pedrosa Moises e Andréa Izaura Maffra Marcelino de Sá

Renda e público: R$ 23.630,00 / 1.222 pagantes

Cartões Amarelos: Celsinho, Getúlio Vargas, Ives (BAN); Luiz Antonio, Renato, Rodolfo (FLA)

Cartões vermelhos: –

GOLS: Sergio Júnior, 3’/1ºT (1-0); Rodolfo, 22’/2ºT (1-1); João Paulo, 43’/2ºT (1-2)

BANGU: Getulio Vargas, Celsinho, Raphael Azevedo, Carlos Renan e Bruno Santos; Mayaro (Willen – 46’/2ºT), Ives, André Barreto (Gustavo – Intervalo) e Eudes (Nill); Sérgio Junior e Hugo. Técnico: Cleimar Rocha

FLAMENGO: Felipe, Luiz Antonio (Renato – Intervalo), Alex Silva, Wallace e João Paulo; Amaral, Elias, Gabriel e Carlos Eduardo (Rodolfo – Intervalo); Rafinha e Hernane (Nixon – 24’/2ºT). Técnico: Jorginho

© 2013-2016 - Arquibancada Online - Proibida a Reprodução Total ou Parcial sem Divulgar a Fonte.