Em ótimo clássico na capital, Flamengo vence o Fluminense e cola no Botafogo Reviewed by Momizat on . [caption id="attachment_4444" align="alignright" width="300"] Imagem> Flamengo Oficial[/caption] O Flamengo começou bem melhor e estabeleceu uma vantagem de [caption id="attachment_4444" align="alignright" width="300"] Imagem> Flamengo Oficial[/caption] O Flamengo começou bem melhor e estabeleceu uma vantagem de Rating: 0
Você está aqui:Home » CAMPEONATO CARIOCA » Em ótimo clássico na capital, Flamengo vence o Fluminense e cola no Botafogo

Em ótimo clássico na capital, Flamengo vence o Fluminense e cola no Botafogo

Em ótimo clássico na capital, Flamengo vence o Fluminense e cola no Botafogo
16052190

Imagem> Flamengo Oficial

O Flamengo começou bem melhor e estabeleceu uma vantagem de dois gols, mas após a expulsão de Cuellar e Marcos Junior, no segundo tempo, a partida ficou equilibrada. O zagueiro Wallace ainda recebeu cartão vermelho no final, aumentando a dramaticidade do jogo. O Fluminense partiu para buscar o empate, mas a equipe da Gávea soube garantir a vitória no clássico.

Dominante na maior parte do duelo na capital federal, o Flamengo voltou a somar três pontos depois de perder no último final de semana para o Vasco – 1 a 0 – e agora se aproxima do Botafogo na briga pela primeira colocação do grupo B do Estadual.

A diferença agora é de apenas cinco pontos – o time alvinegro soma 15, contra 10 da equipe mais popular do país.

Em compensação, o Fluminense perde o embalo de quatro partidas sem derrotas na temporada. A equipe de Eduardo Baptista soma sete pontos e ocupa a quarta colocação no grupo A do Carioca.

O Fluminense iniciou o duelo melhor. Com posse de bola e controle do meio-campo, o time de Eduardo Baptista acuou o Flamengo. No entanto, o rival rubro-negro foi quem abriu o marcador com Willian Arão, logo aos 12min; após cobrança de escanteio e falha de Diego Cavalieri, o volante balançou a rede.

A partir de então, o Flamengo se tornou o ‘senhor’ do jogo. Mancuello, com liberdade, ditava o ritmo, e as jogadas pelas pontas com Emerson Sheik e Marcelo Cirino acuavam o Fluminense. O retrato deste domínio acabou concretizado em mais um gol: com apenas dois minutos da etapa final, Guerrero se antecipou a Henrique e fez o segundo, de cabeça.

A boa qualidade de jogo das duas equipes tornou o clássico um dos melhores jogos no país em 2016. Nem as cenas lamentáveis e os cartões vermelhos (Cuellar e Marcos Jr, após confusão, e Wallace, que levou o segundo amarelo ao dar um chutão após o jogo ser paralisado) estragaram o duelo.

O melhor ainda estava por vir. O que parecia indefinido se reabriu. Gustavo Scarpa cobrou falta com categoria, aos 36min, e superou Paulo Victor.

A partir de então, o Fluminense ensaiou uma pressão, bem segurada pela equipe de Muricy Ramalho, que voltou a vencer pelo Campeonato Carioca.

Na próxima rodada, o Flamengo vai enfrentar a Cabofriense, no Moacyrzão. O Fluminense terá o Botafogo pela frente, em Cariacica.

FICHA TÉCNICA:
FLUMINENSE 1 X 2 FLAMENGO

Local: Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF)
Data: 21 de fevereiro de 2016, domingo
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo
Assistentes: Rodrigo Henrique Correa e Thiago Henrique Neto Farinha
Público: 32.024 pagantes
Cartões amarelos: Jorge, Rodinei, Paolo Guerrero, Wallace, Everton (Flamengo); Léo Pelé, Douglas, Renato Chaves (Fluminense)
Cartões vermelhos: Cuellar, Wallace (Flamengo); Marcos Junior(Fluminense)

Gols:
FLAMENGO: Willian Arão, aos 12 minutos do primeiro tempo; Guerrero, aos dois minutos do segundo tempo
FLUMINENSE: Gustavo Scarpa, aos 38 minutos do segundo tempo

FLAMENGO: Paulo Victor, Rodinei, César Martins, Wallace e Jorge; Cuéllar, Willian Arão e Mancuello(Márcio Araújo); Marcelo Cirino(Gabriel), Emerson Sheik(Everton)e Paolo Guerrero
Técnico: Muricy Ramalho

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Wellington Silva, Henrique, Renato Chaves e Léo Pelé(Douglas); Pierre, Cícero(Gerson), Gustavo Scarpa, Diego Souza(Osvaldo);Marcos Júnior e Fred
Técnico: Eduardo Baptista

 

© 2013-2016 - Arquibancada Online - Proibida a Reprodução Total ou Parcial sem Divulgar a Fonte.