Flamengo derrota Cabofriense e ergue Taça Guanabara Reviewed by Momizat on . [caption id="attachment_3395" align="alignleft" width="300"] Imagem: Mauro Pimentel / Terra[/caption] Imagem: Mauro Pimentel / Terra Flamengo venceu a Cabofrien [caption id="attachment_3395" align="alignleft" width="300"] Imagem: Mauro Pimentel / Terra[/caption] Imagem: Mauro Pimentel / Terra Flamengo venceu a Cabofrien Rating: 0
Você está aqui:Home » CAMPEONATO CARIOCA » Flamengo derrota Cabofriense e ergue Taça Guanabara

Flamengo derrota Cabofriense e ergue Taça Guanabara

Flamengo derrota Cabofriense e ergue Taça Guanabara
Imagem: Mauro Pimentel / Terra

Imagem: Mauro Pimentel / Terra

Imagem: Mauro Pimentel / Terra

Flamengo venceu a Cabofriense por 5×3, neste domingo, no Maracanã, encerrando a fase de grupos do Campeonato Carioca com 38 pontos e deixando a Cabofriense na quarta posição, com 25. Alecsandro (2), Paulinho, Mugni e Luiz Antonio fizeram os gols do Flamengo, enquanto a Cabofriense marcou com Éberson (2) e Fabrício Carvalho.

O Flamengo foi para cima da equipe da Região dos Lagos desde o início. Aos cinco, com Paulinho, e aos 10, com Digão, o rubro-negro deu dois sustos no goleiro Cetin, mas em ambas as oportunidades a bola foi pra fora.

Aos 15, o artilheiro do Flamengo no Carioca resolveu o problema. Vitor Silva cortou chute de Alecsandro com a mão, dentro da área. Na cobrança do pênalti, categoria de Alecgol para deslocar o goleiro e homenagem ao time do Flamengo de basquete, campeão da Liga das Américas, na comemoração de seu oitavo gol na competição.

Com a porteira aberta, Paulinho também aproveitou a sua chance e deixou o dele. Aos 22, Alecsandro fez bom lançamento para o companheiro de ataque invadir a área, passar pelo goleiro e completar pro gol vazio, Flamengo 2×0. Tijolo, aos 26, tentou de cabeça, mas a bola foi pra fora.

Depois do segundo gol rubro-negro, o jogo ficou mais truncado e com poucas chances de gol, até que, aos 45, um jogador do Flamengo balançou as redes pela primeira vez desde que chegou ao clube. Lucas Mugni recebeu na grande área e só teve que esperar a saída de Cetin para fazer o terceiro do Flamengo, 3×0.

Como a ordem era não tirar o pé, mesmo com o título da Taça Guanabara e a vaga garantida nas semifinais, o Flamengo não esperou quase nada para ampliar. Logo no primeiro minuto do segundo tempo, João Paulo falhou e Luiz Antonio aproveitou para marcar, Flamengo 4×0.

A Cabofriense, ainda atordoada pelo gol relâmpago na volta do intervalo, quase desconta aos 6. Tijolo tabelou com Fabrício e chutou de fora da área, mas Felipe estava atento e fez ótima defesa. Aos 13, não teve jeito. Éberson recebeu de Jardel e chutou no canto direito de Felipe, 4×1. O meia da Cabofriense gostou da brincadeira e marcou mais um. Aos 17, Éberson tabelou com Keninha e, dentro da área, fuzilou o gol de Felipe, diminuindo a desvantagem, 4×2.

Não deu nem tempo para comemorar. Na briga pela artilharia do campeonato, Alecsandro marcou seu nono gol na competição aos 20. Digão fez bom cruzamento da direita e o atacante, de cabeça, fez Flamengo 5×2. Ainda houve tempo para Fabrício Carvalho evitar a goleada, marcando o terceiro da Cabofriense aos 42. Fim de jogo, hora da festa com a entrega da Taça Guanabara ao Flamengo. Nas semifinais do Carioca, Flamengo e Cabofriense voltam a se encontrar em dois jogos. Na outra semifinal, Vasco e Fluminense decidem a outra vaga na decisão.

FLAMENGO 5×3 CABOFRIENSE

Flamengo: Felipe, Digão, Chicão, Erazo e João Paulo (Frauches); Feijão, Márcio Araújo, Luiz Antonio e Mugni (Matheus); Paulinho (Negueba) e Alecsandro T:Jayme de Almeida

Cabofriense: Cetin; Rodrigo Dias, Vitor Silva, Luizão, Leandro; Jardel, Daniel Tijolo, Silvano (Pará) e Eberson (Arthur); Bruno Veiga (Keninha) e Fabrício Carvalho T:Alexandre Barroso

Cartões amarelos: Pará

Gols: Alecsandro (16′), Paulinho (22′), Mugni (45′) 1ºT; Luiz Antonio (1′), Éberson (13′), Éberson (17′), Alecsandro (20′), Fabrício Carvalho (42′) 2ºT

© 2013-2016 - Arquibancada Online - Proibida a Reprodução Total ou Parcial sem Divulgar a Fonte.