Fluminense vence o Volta Redonda e vai encarar o Botafogo na decisão Reviewed by Momizat on . [caption id="attachment_829" align="alignleft" width="300"] Imagem: Ricardo Ayres/Photocamera[/caption] O Fluminense garantiu a classificação para a decisão da [caption id="attachment_829" align="alignleft" width="300"] Imagem: Ricardo Ayres/Photocamera[/caption] O Fluminense garantiu a classificação para a decisão da Rating:
Você está aqui:Home » CAMPEONATO CARIOCA » Fluminense vence o Volta Redonda e vai encarar o Botafogo na decisão

Fluminense vence o Volta Redonda e vai encarar o Botafogo na decisão

Imagem: Ricardo Ayres/Photocamera

Imagem: Ricardo Ayres/Photocamera

O Fluminense garantiu a classificação para a decisão da Taça Rio, ao derrotar o Volta Redonda por 4 a 1, em partida disputada na tarde deste domingo, no Estádio Raulino de Oliveira, pelas semifinais da competição. Para conquistar o segundo turno e se credenciar para a decisão do título estadual,o Fluminense terá que derrotar o time alvinegro que leva a vantagem do empate, por ter feito melhor campanha. Como já venceu o primeiro turno, o Botafogo será campeão estadual, se também conquistar a Taça Rio.

A partida foi de bom nível técnico, com as duas equipes se lançando de forma aberta ao ataque e criando seguidos lances de emoção. Rafael Sobis, dois, Wellington Nem e Thiago Neves marcaram para o Tricolor das Laranjeiras, enquanto Zé Augusto anotou para a equipe da Cidade do Aço.

O jogo
O Fluminense começou a partida tentando pressionar o Volta Redonda e logo aos seis minutos, criou uma grande chance para marcar. Depois de boa troca de passes, Wellington Nem lançou Jean que entrava pela direita. O volante mandou a bomba e a bola passou, com muito perigo, por cima do travessão. O domínio tricolor se transformou em gol aos 12 minutos. Jean lançou Rafael Sobis que se livrou da marcação e mandou uma bomba de canhota, sem qualquer chance de defesa para Gatti.

No minuto seguinte, o Tricolor das Laranjeiras desperdiçou uma ótima chance para ampliar o marcador. Sobis fez ótimo passe para Wellington Nem que entrou sozinho e chutou em cima do goleiro Gatti que saiu com precisão e fechou o ângulo. O castigo não demorou. Após lançamento longo, Zé Augusto se aproveitou da indecisão de Edinho para ganhar a jogada e chutar cruzado. Diego Cavalieri ainda tocou na bola, mas não impediu que ela entrasse.

Depois de sofrer o empate, o Fluminense partiu em busca do segundo gol. E quase conseguiu aos 20 minutos, quando Rafael Sobis chutou com violência e a bola bateu no travessão, com Gatti inteiramente batido.

O time dirigido por Abel Braga mantinha o controle da partida, embora o Volta Redonda, que se defendia bem, assustasse o adversário em jogadas de velocidade, principalmente, pelo lado direito, com a penetração do volante Bruno Barra, nos espaços deixados pelos avanços do lateral-esquerdo Carlinhos. Aos 31 minutos, o Fluminense anotou o segundo gol. Carlinhos desarmou Marquinhos, arrancou em velocidade pela esquerda e fez cruzamento perfeito para Wellington Nem que entrou na corrida e tocou para as redes de Gatti.

Em desvantagem no marcador, o Voltaço adiantou seus jogadores de meio-campo e passou a levantar bolas na área tricolor. Aos 35 minutos, Zé Augusto chegou antes de Digão e Jean que corriam para tentar bloquear o lançamento e chutou rasteiro, mas Diego Cavalieri defendeu com segurança. Dois minutos depois, Edinho se atrapalhou e a bola acabou sobrando para Josiel que tentou encobrir o goleiro do Fluminense, mas errou a pontaria e mandou a bola bem longe do gol tricolor.

O Fluminense voltou para o segundo tempo disposto a liquidar a partida. Logo aos dois minutos, Wellington Nem foi lançado na corrida, chegou antes da zaga e deu passe perfeito para Wagner que concluiu para fora, desperdiçando uma grande oportunidade. Aos seis minutos, Rhayner avançou pela esquerda e cruzou rasteiro, o goleiro Gatti defendeu parcialmente e Rafael Sobis chegou na frente da zaga para marcar o terceiro gol.

O Volta Redonda não se entegava e, aos 18 minutos, após boa troca de passes, Adriano Felício entrou na área e tentou tirar de Cavalieri, mas jogou para fora. A resposta tricolor aconteceu aos 23 minutos, quando Wellington Nem entrou na área, mas chutou torto e perdeu a chance de anotar o quarto gol. O Volta Redonda voltou a assustar aos 27 minutos, com um chute de Frontini que acertou a trave. Logo depois desse lance, o técnico Abel Braga promoveu a volta de Thiago Neves, recuperado de lesão, no lugar de Wellington Nem.

E Thiago Neves deixou sua marca, aos 32 minutos. Depois de receber passe de Wagner, o meia tricolor mandou por cima de Gatti que havia se adiantado para fechar o ângulo, em lance de grande categoria.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 4 X 1 VOLTA REDONDA

Local: Raulino de Oliveira, Rio de Janeiro (RJ)

Data-Hora: 28/4/2013 – 16h (de Brasília)

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)

Auxiliares: Leonardo Antônio (RJ) e Michael Correia (RJ)

Renda e público: R$ 110.175,00 / 3.983 pagantes / 7.080 presentes

Cartões amarelos: Rhayner 20’/1ºT(FLU); Edu Pina 40’/1ºT (VOL)

Cartões vermelhos: –

Gols: Rafael Sobis 11’/1ºT (1-0); Zé Augusto (1-1) 13’/1ºT; Wellington Nem (2-1) 30’/1ºT; Rafael Sobis (3-1) 6’/2ºT e Thiago Neves (4-1) 32’/2ºT.

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Bruno, Digão, Euzébio e Carlinhos; Edinho, Jean e Wágner (Samuel 35’/2ºT); Wellington Nem (Thiago Neves 26’/2ºT), Rhayner (Felipe 31’/2ºT) e Rafael Sobis

VOLTA REDONDA: Gatti; Marquinhos (Léo Andrade 35’/2ºT), Leonardo Luiz, André Alves e Edu Pina; Bruno Barra, Fernando (Rafael Granja 18’/2ºT), Adriano Felício e Zé Augusto; Sassá e Josiel (Frontini 20’/2ºT).

7.080 presentes

3.983 pagantes R$ 110.175,00

© 2013-2016 - Arquibancada Online - Proibida a Reprodução Total ou Parcial sem Divulgar a Fonte.