Inter vence Veranópolis, vai à final e fica a um jogo do título Reviewed by Momizat on . Com gol do volante Willians, o Internacional venceu o Veranópolis por 1 a 0 neste domingo e se classificou para a final da Taça Farroupilha, o segundo turno do Com gol do volante Willians, o Internacional venceu o Veranópolis por 1 a 0 neste domingo e se classificou para a final da Taça Farroupilha, o segundo turno do Rating:
Você está aqui:Home » Outros Times » Inter vence Veranópolis, vai à final e fica a um jogo do título

Inter vence Veranópolis, vai à final e fica a um jogo do título

Com gol do volante Willians, o Internacional venceu o Veranópolis por 1 a 0 neste domingo e se classificou para a final da Taça Farroupilha, o segundo turno do Campeonato Gaúcho.

Agora, o Internacional enfrenta o Juventude, que eliminou o Grêmio nesse sábado. A será disputada no próximo domingo. Caso vença, o Colorado será o campeão gaúcho de 2013, já que também foi o vencedor do primeiro turno.

O jogo – O Internacional começou a partida atuando melhor, com chegadas de Gabriel, Forlán, Damião, Fred e Willians. E foi o próprio Willians quem abandonou sua posição de volante para abrir o placar. Aos 25 minutos, ele pedalou na frente da marcação e bateu com estilo de fora da área, marcando um belo gol. Em contraste com a euforia do gol, Aírton teve que ser substituído por Ygor, depois de sofrer forte entrada de Saulo, do Veranópolis.

Em meio ao gol, à substituição e às chegadas coloradas, o destaque do primeiro tempo foi o goleiro João Ricardo, que evitou que o Colorado ampliasse o placar em pelo menos quatro oportunidades.

No segundo tempo, o cenário não mudou. O Internacional continuava com a posse de bola pela maior parte do tempo, pressionando o adversário e parando nas boas defesas de João Ricardo. A vantagem colorada se ampliou aos 17 minutos, quando Edson Borges deu um carrinho perigoso em Leandro Damião e foi expulso, por já ter um cartão amarelo.

O Veranópolis ainda optou por colocar Fred no lugar de Valdo. Mas era o Internacional quem continuava melhor, marcando sob pressão, com Diego Forlán assumindo o protagonismo da equipe e articulando a maioria das jogadas. O gol, no entanto, não vinha. E não foi necessário. O Veranópolis não conseguiu marcar e o Internacional se classificou para a final, vendo ainda Fininho ser expulso, deixando o Colorado com dois a mais.

© 2013-2016 - Arquibancada Online - Proibida a Reprodução Total ou Parcial sem Divulgar a Fonte.