Lusa Carioca terá cara nova Reviewed by Momizat on . [caption id="attachment_298" align="alignleft" width="300"] Imagem: Divulgação[/caption] Os fãs da Portuguesa têm motivos para comemorar. Em breve, o estádio do [caption id="attachment_298" align="alignleft" width="300"] Imagem: Divulgação[/caption] Os fãs da Portuguesa têm motivos para comemorar. Em breve, o estádio do Rating:
Você está aqui:Home » CAMPEONATO CARIOCA » Lusa Carioca terá cara nova

Lusa Carioca terá cara nova

Imagem: Divulgação

Imagem: Divulgação

Os fãs da Portuguesa têm motivos para comemorar. Em breve, o estádio do time será ampliado como parte de um projeto de expansão da Associação Atlética Portuguesa, com valor estimado de R$ 80 milhões. Atualmente com 3.718 lugares, a arena esportiva passará a contar com 15.130 assentos, como exige os padrões da Fifa para jogos oficiais.

Além do estádio, o projeto prevê outras melhorias para o clube, como a construção de um restaurante panorâmico e de um hotel de três pavimentos. A FG Intermediações será a empresa responsável pelas obras e terá o prazo de 36 meses para entregar o serviço, uma vez que os trabalhos sejam iniciados. Ela bancará todo o projeto e, como contrapartida, ficará com o direito de administrar o novo hotel por um período de 25 anos renováveis por outros 25 anos.

— Mais do que receber jogos de futebol, nossa intenção é fomentar a movimentação de pessoas pela Ilha. Por exemplo, um estudo realizado pela empresa escolhida para tocar o projeto mostra que temos um deficit de 80% de leitos na região. O hotel que será construído aqui ajudará a sanar este problema — destaca Alexandre Ayres, vice-presidente jurídico da Portuguesa.

Os dirigentes também esperam que o aumento do estádio resulte numa torcida mais presente nos jogos e que ajude, futuramente, o time a conquistar um lugar na Primeira Divisão.

— Muita gente da Ilha gosta de futebol, mas não consegue ver o time jogar do lado de casa. O novo estádio vai facilitar o acesso aos moradores. Queremos fazer da Portuguesa um time querido pelo bairro. Acreditamos que o novo estádio pode nos ajudar a alcançar a Primeira Divisão — afirma o presidente do clube, João Rego.

O dirigente ainda destacou que o clube ficou em quarto lugar da Segunda Divisão no ano passado, quando outros dois times conseguiram subir para Primeira. Também chamou atenção para o fato de que, com o novo estádio, a Portuguesa poderá sediar outros jogos da Segunda Divisão e atrair um público de fora da Ilha para o bairro. Tanto que o projeto prevê espaços a serem ocupados por lojas e órgãos governamentais. Sem contar que o estádio poderá ser alugado para abrigar outros eventos, como shows musicais, por exemplo.

— Acreditamos que o novo estádio ajudará a movimentar o comércio da Ilha. Todos temos a ganhar com isso — opina o vice-presidente jurídico.

Apesar de tudo isso, não há uma data definida para o projeto sair do papel. Segundo Ayres, a empresa responsável pelas obras tem seis meses para dar início aos trabalhos. Ele detalhou que o estudo de viabilidade arquitetônica desenvolvido pela Proarc Arquitetura foi aprovado pelo Conselho Deliberativo do Clube no ano passado. O estudo levou em conta aspectos como acessibilidade e sustentabilidade, que inclui itens como recolhimento da água da chuva, utilização de energia solar e economia verde.

Ayres também relatou que, na semana passada, foi feita uma reunião a fim de viabilizar a captação de recursos para o projeto. De acordo com o vice-presidente, falta apenas a definição de uma data para que o contrato seja assinado e as obras possam ser iniciadas. Ele adianta que a assinatura deve ocorrer nas próximas semanas, em evento especial para comemorar o momento, que pode ser considerado um gol de placa da Portuguesa.

© 2013-2016 - Arquibancada Online - Proibida a Reprodução Total ou Parcial sem Divulgar a Fonte.