OPG: Capitão do Bangu reforça compromisso do grupo pelo título Reviewed by Momizat on . Heitor enfatizou que derrota por goleada foi o choque que o time precisava para o time se reestruturar     [caption id="attachment_2387" align="alignl Heitor enfatizou que derrota por goleada foi o choque que o time precisava para o time se reestruturar     [caption id="attachment_2387" align="alignl Rating: 0
Você está aqui:Home » CAMPEONATO CARIOCA » OPG: Capitão do Bangu reforça compromisso do grupo pelo título

OPG: Capitão do Bangu reforça compromisso do grupo pelo título

Heitor enfatizou que derrota por goleada foi o choque que o time precisava para o time se reestruturar

 

 

Imagem> João Carlos Gomes

Imagem> João Carlos Gomes

A vitória sobre o Audax Rio e a derrota do Fluminense, na última quarta-feira, contribuíram para o Bangu se classificar para a segunda fase desta edição do Torneio Otávio Pinto Guimarães. Fechando a primeira fase na vice-liderança, o time alvirrubro garantiu seu espaço no grupo E, ao lado do America, Serra Macaense e Flamengo, seu primeiro adversário no domingo, dia 27, às 10h, em Moça Bonita.

 Líder no campo, o zagueiro Heitor analisou o retrospecto de três vitórias, três derrotas e um empate que a equipe Sub-20 construiu durante o campeonato. Para ele, a goleada sofrida pelo Bonsucesso, por 5 a 1, na primeira rodada do returno, foi fundamental para abrir os olhos do elenco.

 

 – No todo foi uma boa campanha, mas aquele apagão que tivemos contra o Bonsucesso fez nossa equipe acordar e se comprometer a fazer grandes atuações na sequência. Procuramos, a partir daí, fazer uma marcação forte no setor defensivo e montar um poder de finalização muito bom com nossos atacantes – declarou o capitão.

 

 Vendo o potencial do seu próximo adversário, Heitor classifica o Flamengo como uma equipe com bons atributos, mas não vê favoritismo nesse duelo.

 

 – Respeitamos muito a equipe do Flamengo, mas sabemos da nossa qualidade e nossa força dentro de casa – disse.

Carioca, Heitor ficou entre 2000 e 2010 no Vasco, time que lhe deu base e suporte para se tornar o profissional que se apresenta nos gramados. Após passar pelo Botafogo no período de 2010 a 2012, o zagueiro chegou ao Bangu e está trilhando, junto com grupo dos juniores, quebrar o jejum de dez anos desde o último título do OPG em 2003.

 

 – A gente sabe que agora são os melhores e que os jogos serão decididos em detalhes. Eu sempre peço nos treinamentos e jogos muita dedicação e empenho, pois na parte técnica sabemos que somos capazes de realizar bons jogos. Agora é entrar focado em todos os jogos, todos os lances e, assim, iremos minimizar os erros que tivemos – finalizou Heitor.

© 2013-2016 - Arquibancada Online - Proibida a Reprodução Total ou Parcial sem Divulgar a Fonte.