Pela 1º vez sem Dedé, Vasco se despede do Carioca contra o Madureira Reviewed by Momizat on . [caption id="attachment_692" align="alignleft" width="300"] Imagem: Vipcomm[/caption] Depois de uma campanha muito abaixo do esperado e de uma eliminação precoc [caption id="attachment_692" align="alignleft" width="300"] Imagem: Vipcomm[/caption] Depois de uma campanha muito abaixo do esperado e de uma eliminação precoc Rating:
Você está aqui:Home » CAMPEONATO CARIOCA » Pela 1º vez sem Dedé, Vasco se despede do Carioca contra o Madureira

Pela 1º vez sem Dedé, Vasco se despede do Carioca contra o Madureira

Imagem: Vipcomm

Imagem: Vipcomm

Depois de uma campanha muito abaixo do esperado e de uma eliminação precoce, o Vasco se despede da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca, neste sábado, às 15h30, em esvaziado jogo contra o Madureira, no Estádio Aniceto Moscoso, no bairro de Madureira, subúrbio do Rio de Janeiro. A partida será a primeira do Cruz-maltino sem contar com o zagueiro Dedé, vendido ao Cruzeiro por R$ 14 milhões durante a semana.

O Vasco vem de triunfo por 3 x 1 sobre o Quissamã, com sete pontos somados no Grupo A, dois a mais que o Tricolor suburbano, outro eliminado e que empatou por 2 x 2 com o Friburguense no fim de semana passado.

Paulo Autuori, técnico do Vasco, tem usado os últimos jogos do time no Campeonato Carioca para fazer observações, pois com a precoce eliminação, apesar da pressão dos torcedores, o peso dos duelos diminuiu consideravelmente. A ordem é tirar o máximo de proveito deste campo de observações para projetar o elenco que vai disputar a partir de maio o Campeonato Brasileiro. O Cruz-Maltino estreia no dia 26 daquele mês enfrentando a Portuguesa, no Rio de Janeiro.

“É importante termos a possibilidade de observar os jogadores em partidas oficiais e esse jogo é mais uma oportunidade de olharmos as peças que estão à nossa disposição para projetarmos a sequência do trabalho. O Vasco tem entrado nestes jogos sempre com o pensamento de vencer, independentemente de não termos mais chances de classificação”, relatou o comandante vascaíno.

Os jogadores já entenderam que é muito importante se esforçarem nessas partidas, mesmo com o time eliminado, para mostrarem ao comandante que podem ser úteis na campanha do Brasileirão. “O Paulo Autuori chegou no meio do Campeonato Carioca e infelizmente não conseguimos a classificação para a Taça Rio. Por isso, só nos resta conseguir fazer bons jogos e encerrar a competição de maneira digna. O Vasco vai a campo contra o Madureira com o pensamento de conquistar o resultado positivo”, disse o zagueiro Renato Silva.

O Vasco terá mudanças para esta partida. O zagueiro Luan foi o escolhido para a vaga de Dedé, enquanto Pedro Ken ganhou o lugar de Bernardo, que vai ficar cerca de seis meses afastado dos gramados por conta de uma cirurgia no joelho esquerdo. Além disso, o treinador escalou o goleiro Michel Alves na vaga de Alessandro e desistiu de improvisar o lateral direito Nei na esquerda. Assim, o peruano Yotún vai assumir a ala canhota.

Os outros barrados foram os volantes Sandro Silva e Abuda, que cederam seus postos para Fellipe Bastos e Fillipe Soutto. No ataque, Tenorio e Romário disputam posição. Já o meio-campista Carlos Alberto ficará fora de ação porque está suspenso preventivamente por 30 dias graças ao doping da partida contra o Fluminense, ainda na Taça Guanabara. O clube aguarda o resultado da contraprova para saber as medidas que tomará.

Pelo lado do Madureira, o técnico Alexandre Gama também pretende ver a sua equipe terminar a competição de maneira digna. Se não conseguiu em nenhum momento brigar pela classificação para as semifinais da Taça Rio, o Tricolor suburbano também não correu maiores riscos de rebaixamento, algo a se considerar em uma temporada com poucos recursos para investimentos.

Em termos de escalação, sem maiores opções, Alexandre Gama vai manter a formação que empatou com o Friburguense. O treinador também foi orientado a fazer observações para a disputa da série C do Campeonato Brasileiro e da Copa Rio, torneio que vai ser disputado no segundo semestre entre equipes de menor investimento do Rio de Janeiro.

FICHA TÉCNICA

MADUREIRA X VASCO

Local: Estádio Aniceto Moscoso, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 20 de abril de 2013

Horário: 15h30

Árbitro: Leandro Belota

Assistentes: Wendel Gouvêa e Claudio Ribeiro

MADUREIRA: Márcio, Elder Granja, Daniel, Fernando e Gabriel; Gilson, Rodrigo, Caio Cézar e Ramon; Jean e Derlei. Técnico: Alexandre Gama

VASCO: Michel Alves, Elsinho, Luan, Renato Silva e Yotún; Fellipe Bastos, Fillipe Soutto, Pedro Ken e Dakson; Thiaguinho e Tenório (Romário). Técnico: Paulo Autuori

© 2013-2016 - Arquibancada Online - Proibida a Reprodução Total ou Parcial sem Divulgar a Fonte.