Pela Copa do Brasil, Botafogo empata com Sobradinho Reviewed by Momizat on . [caption id="attachment_634" align="alignleft" width="300"] Imagem: Adalberto Marques / Agif / Gazeta Press[/caption] A superioridade do Botafogo era flagrante. [caption id="attachment_634" align="alignleft" width="300"] Imagem: Adalberto Marques / Agif / Gazeta Press[/caption] A superioridade do Botafogo era flagrante. Rating:
Você está aqui:Home » CAMPEONATO CARIOCA » Botafogo » Pela Copa do Brasil, Botafogo empata com Sobradinho

Pela Copa do Brasil, Botafogo empata com Sobradinho

Imagem: Adalberto Marques / Agif / Gazeta Press

Imagem: Adalberto Marques / Agif / Gazeta Press

A superioridade do Botafogo era flagrante. Mas o time decepcionou e não conseguiu vencer a fraca equipe do Sobradinho, nesta quarta-feira, no Distrito Federal. A partida, válida pela Copa do Brasil, teve o domínio quase total do time carioca. Faltou no entanto mais eficiência nas conclusões. A equipe dependia muito do meia Seedorf, o melhor em campo. Fez grandes jogadas, deu dribles vistosos, recebeu aplausos das duas torcidas. Só não conseguiu fazer um gol e o placar de 0 a 0 acabou como prêmio pela luta da equipe de casa, que entrou em campo disposta a evitar uma derrota por diferença mínima de dois gols, o que impediria o jogo no Rio de Janeiro.

O Botafogo trocava passes com mais facilidade que o adversário, embora às vezes forçasse demais nos lançamentos. O Sobradinho conseguia conter o ímpeto do rival alvinegro de todos os modos. Com chutões para cima, faltas no meio campo e alguma morosidade toda vez que algum jogador caía em campo. Teve sorte, acrescida a luta de seus jogadores que provavelmente disputavam a partida mais importante do ano.

O visitante poderia ter saído com vantagem já na primeira etapa se o árbitro goiano André Luiz de Freitas Castro tivesse marcado pênalti claro de Zé Carlos em Fellype Gabriel. Preferiu ignorar a infração.

Seedorf, uma atração à parte, parecia sem companhia à altura e não era feliz nem nas tabelas mais simples. A culpa, evidentemente, não era dele. Apesar de ter recebido marcação forte, o que prejudicou algumas de suas ações, foi quem comandou o Botafogo no empate.

A pressão botafoguense aumentou no segundo tempo, mas o time errou muito nas finalizações. Gilberto perdeu gol incrível no último ataque. Minutos antes, Laércio fez um gol para o Sobradinho, mas o lance foi invalidado – a arbitragem assinalou impedimento. No final, o empate levou a torcida alvinegra a vaiar a equipe, que, pelo Campeonato Carioca, faz excelente campanha e já está garantida na decisão da competição.

FICHA TÉCNICA

SOBRADINHO-DF 0 x 0 BOTAFOGO

SOBRADINHO-DF – Donizeti; Patrick, Cauê Carvalho, Alysson e Zé Carlos; Ramon, Túlio (Jean), Ítalo (Juninho) e Mario Lucio (Filipe Cirne); Eltinho e Laércio. Técnico: João Carlos.

BOTAFOGO – Jefferson; Edilson, Bolívar, Dória e Julio Cesar (Gilberto); Marcelo Mattos, Fellype Gabriel, Jadson (Bruno Mendes), Seedorf e Lodeiro (Vitinho); e Rafael Marques. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

CARTÕES AMARELOS – Cauê Carvalho (Sobradinho-DF); Dória e Bolívar (Botafogo).

CARTÃO VERMELHO – Juninho (Sobradinho-DF).

ÁRBITRO – André Luiz de Freitas Castro (GO).

RENDA E PÚBLICO – Não disponíveis.

LOCAL – Estádio Bezerrão, na cidade-satélite do Gama (DF).

© 2013-2016 - Arquibancada Online - Proibida a Reprodução Total ou Parcial sem Divulgar a Fonte.