Por outros estaduais, Atlético-GO, Figueirense e Londrina levantam taças Reviewed by Momizat on . [caption id="attachment_3530" align="alignleft" width="300"] Imagem: Guilherme Gonçalves/GloboEsporte.com[/caption] Imagem destacada: Guilherme Gonçalves/GloboE [caption id="attachment_3530" align="alignleft" width="300"] Imagem: Guilherme Gonçalves/GloboEsporte.com[/caption] Imagem destacada: Guilherme Gonçalves/GloboE Rating: 0
Você está aqui:Home » Destaques » Por outros estaduais, Atlético-GO, Figueirense e Londrina levantam taças

Por outros estaduais, Atlético-GO, Figueirense e Londrina levantam taças

Por outros estaduais, Atlético-GO, Figueirense e Londrina levantam taças
Imagem: Guilherme Gonçalves/GloboEsporte.com

Imagem: Guilherme Gonçalves/GloboEsporte.com

Imagem destacada: Guilherme Gonçalves/GloboEsporte.com

O domingo foi repleto de decisões estaduais, No Estádio Serra Dourada viu uma das mais emocionantes delas. O Goiás jogava por dois empates para ser campeão invicto, mas perdeu um pênalti com Araújo e viu o arquirrival Atlético-GO marcar aos 48 minutos do segundo tempo para vencer por 1 a 0 e impedir o tricampeonato esmeraldino.

Como tinha melhor campanha, o Goiás podia ser campeão com dois resultados iguais. Como na ida o jogo foi 0 a 0, a equipe alviverde faturaria o seu 25.º título se não tomasse gols na partida deste domingo. Ainda teve a chance de vencer, mas Márcio pegou pênalti de Araújo. O goleiro estava na área aos 48 minutos para tentar o cabeceio no último escanteio do jogo, mas quem cabeceou foi Lino, para ser o herói do título.

A conquista é a 13.ª do Atlético, que encosta no Goiânia (14) e no Vila Nova (15). Nos últimos seis torneios, foram três conquistas do time rubro-negro e outras três dos Goiás. O Vila e o Goiânia vão jogar a segunda divisão no ano que vem.

FIGUEIRENSE CAMPEÃO
Depois de seis anos sem vencer o Campeonato Catarinense, o Figueirense encerrou o jejum neste domingo. Jogando em casa, devolveu o 2 a 1 sofrido na partida de ida, domingo passado, em Joinville, e faturou o título diante do seu torcedor. Assim, chegou à 16.ª taça e voltou a igualar o Avaí, que havia lhe tomado o posto de maior campeão do Estado com três títulos em cinco anos.

O jogo no Orlando Scarpelli já começou movimentado, com um pênalti nos primeiros segundos. Ivan pegou a cobrança de Giovanni Augusto, mas Dudu fez no rebote. No segundo gol, Lúcio Maranhão marcou de cotovelo, mas o árbitro validou. A reação do Joinville veio aos 11, com um golaço de Wellington Saci. O time do interior buscou o empate, pressionou, mas viu a taça ficar mesmo com a equipe da capital.

PARANAENSE
No Paraná já se sabia que o campeão viria do interior. Arquirrivais, Londrina e Maringá eliminaram Curitiba e Atlético-PR, respectivamente, para fazer a decisão. Quase 20 mil pessoas lotaram neste domingo o Estádio Willie Davids para assistir à partida em Maringá e viram o Londrina ficar com o título nos pênaltis após empate em 1 a 1 no tempo normal.

Foi a quarta vez que o Londrina ganhou o Estadual, repetindo as conquistas de 1962, 1981 e 1992. O Maringá, por sua vez, foi fundado apenas em 2010 e chegou à decisão logo na primeira temporada na elite. A equipe, apesar de jovem, tem grande torcida porque acaba sendo herdeira do Grêmio Maringá, hoje na terceira divisão do Paraná. Além disso, a rivalidade histórica municipal com Londrina apimentou a decisão.

OUTROS ESTADUAIS
Nem todos os campeonatos regionais acabaram neste domingo. Em Pernambuco, por exemplo, o Sport, campeão da Copa do Nordeste na quarta, venceu o Santa Cruz por 1 a 0 e, nos pênaltis avançou à final. Seu rival será o Náutico, que tirou o Salgueiro, também nos pênaltis. O curioso é que a semifinal não teve saldo de gols como critério. O Santa Cruz fez 3 a 0 na ida, perdeu de 1 a 0 na volta e acabou eliminado.

O Cearense também terá clássico, entre Fortaleza e Ceará. Os dois grandes do Estado venceram as duas principais forças do interior: Icasa e Guarany de Sobral, respectivamente. Assim como no Pernambucano, as finais são nas duas próximas quartas-feiras.

No Potiguar, o América faz a final contra o Globo FC, time de Ceará Mirim fundado em 2012 e que só fez seu primeiro jogo oficial no ano passado. Já o Alagoano ainda está nas semifinais. O ASA pega o CRB e o Murici joga contra o Coruripe. No Maranhão, o Sampaio Correa foi campeão.

© 2013-2016 - Arquibancada Online - Proibida a Reprodução Total ou Parcial sem Divulgar a Fonte.