Qualidade de vida: Importância e benefícios da atividade física na saúde Reviewed by Momizat on . [caption id="attachment_4771" align="alignleft" width="300"] Dani e Daniel Fotografia[/caption] Condicionamento físico, resistência muscular, qualidade de vida, [caption id="attachment_4771" align="alignleft" width="300"] Dani e Daniel Fotografia[/caption] Condicionamento físico, resistência muscular, qualidade de vida, Rating: 0
Você está aqui:Home » Destaques » Qualidade de vida: Importância e benefícios da atividade física na saúde

Qualidade de vida: Importância e benefícios da atividade física na saúde

Qualidade de vida: Importância e benefícios da atividade física na saúde

Dani e Daniel Fotografia

Condicionamento físico, resistência muscular, qualidade de vida, disposição, força e estética. Esses são alguns dos benefícios alcançados por quem pratica uma atividade física regularmente. O verão está chegando e especialistas apontam esses pontos positivos dos exercícios físicos e de uma alimentação regrada no dia-a-dia.

O professor de educação física, pós graduado pela Gama Filho em Musculação e Treinamento de Força, Felipe Fagundes Moore de 28 anos, é dono da Life Studio Personal, em Icaraí, e aposta em um conceito diferenciado na prática de atividade física com cuidado com a saúde.

“Os benefícios da atividade física são inúmeros, é verdade que muitos procuram visando a parte estética; mas é a saúde que ganha, é um investimento na qualidade de vida. Os equipamentos são novos e de qualidade, e alcançam todos os grupos musculares, permitindo trabalhar a totalidade do corpo, dentro de um contexto com ambiente tranquilo e de no máximo cinco alunos por professor e hora marcada, explicou o empresário que tem certificado do Conselho Regional de Educação Física” .

Dani e Daniel Fotografia

E na mesma proporção da importância da atividade física no dia a dia, especialistas em saúde apontam a alimentação saudável como outro ponto que merece destaque. Por vezes pessoas que praticam exercícios físicos com regularidade não conseguem emagrecer ou notar diferença no corpo.

Imagem: Divulgação

“Muitas vezes reduzir as calorias por conta própria levarão a fadiga ou ao baixo rendimento do exercício e com isso não haver perda de peso. É importante avaliar outros parâmetros quando se fala em exercício. O peso não pode sozinho responder quanto ao emagrecimento. Muitas vezes perde-se peso gordo e/ou ganha-se peso de massa muscular. Para avaliar essas transformações do corpo existem avaliações de composição corporal que são imprescindíveis para uma correta análise dos resultados”, finalizou Patrícia Bertoni, nutricionista da Onodera Niterói.

 

 

 

© 2013-2016 - Arquibancada Online - Proibida a Reprodução Total ou Parcial sem Divulgar a Fonte.