Vasco e Flamengo voltam a se enfrentar neste domingo Reviewed by Momizat on . [caption id="attachment_3468" align="alignleft" width="300"] Imagem: Buda Mendes/Getty Images[/caption] Flamengo e Vasco enfim vão voltar a uma decisão. Nos pró [caption id="attachment_3468" align="alignleft" width="300"] Imagem: Buda Mendes/Getty Images[/caption] Flamengo e Vasco enfim vão voltar a uma decisão. Nos pró Rating: 0
Você está aqui:Home » CAMPEONATO CARIOCA » Vasco e Flamengo voltam a se enfrentar neste domingo

Vasco e Flamengo voltam a se enfrentar neste domingo

Vasco e Flamengo voltam a se enfrentar neste domingo
Imagem: Buda Mendes/Getty Images

Imagem: Buda Mendes/Getty Images

Flamengo e Vasco enfim vão voltar a uma decisão. Nos próximos dois domingos, as equipes lutarão pelo título do Campeonato Carioca. O primeiro confronto será neste domingo (6), no Maracanã, às 16h. No outro domingo (13), as equipes voltam a se enfrentar pela grande final, na segunda partida, no mesmo horário e local. O encontro na final estadual não acontecia desde 2004, quando os rubro-negros faturaram a taça, ganhando os dois jogos da final.

Em partidas em que os arquirrivais se enfrentaram e acabaram decidindo o campeão, sem contar com torneios de menor expressão, foram 17 decisões, com vantagem do time da Gávea: são 12 conquistas (estaduais de 1944, 1974, 1978, 1981, 1986, 1996, 1999, 2000, 2001, 2004, 2011 e a Copa do Brasil de 2006) contra cinco dos vascaínos (1958, 1977, 1982, 1987 e 1988, todos do Carioca).

O confronto de 2006 foi o único fora do âmbito estadual, pela final da Copa do Brasil. Em 1992, apesar de o último jogo do segundo turno do estadual ter sido contra o Flamengo (1 a 1) e os rubro-negros terem sido vice-campeões, os Cruzmaltinos já haviam assegurado o título duas rodadas antes.

O Clube de Regatas do Flamengo e Club de Regatas Vasco da Gama protagonizam o famoso Clássico dos Milhões. É um dos clássicos que envolve o maior número de torcedores no Brasil e uma das mais destacadas rivalidades no futebol brasileiro. Teve início ainda na década de 1910 nas competições de Remo, mas com a ascensão à primeira divisão do time de futebol do Vasco na década de 1920, o duelo passou a ser mais forte nessa modalidade desportiva.

Curiosidades do confronto

Antes mesmo que os dois times de futebol mais populares do Rio de Janeiro existissem, seus atletas já se atracavam em brigas homéricas após as competições de remo – Flamengo e Vasco, afinal, eram clubes de regatas. Mas em 1927, o Jornal do Brasil decidiu colocar a disputa à prova numa eleição popular. A Taça Salutaris seria entregue ao “time mais querido do Brasil”. Venceria quem levasse mais cupons da água mineral Salutaris, indicando o nome do seu time. Os comerciantes portugueses, vascaínos, tinham tudo para vencer. Mas os flamenguistas se mobilizaram, adotaram sotaques lusitanos e lotaram as padarias do Rio com escudos do Vasco na lapela. Quando chegaram à sede do jornal, jogaram os votos falsos nas privadas do prédio e entregaram apenas os do time Rubro-Negro. Um engenhoso golpe eleitoral.

Os maiores goleadores do confronto são Roberto Dinamite, do Vasco, com 27 gols, e Zico, do Flamengo, com 19 tentos. O chamado Clássico dos Milhões possui diversas partidas memoráveis ao longo da história. Em 1949, o Flamengo tentou estragar a festa de aniversário do Vasco, mas o Expresso da Vitória obteve uma de suas mais belas vitórias. Já em 2001, o Flamengo foi tricampeão no apagar das luzes, com um antológico gol de falta do sérvio Dejan Petkovic.

O primeiro jogo entre os dois times no futebol aconteceu no dia 29 de abril de 1923, pelo Campeonato Carioca. O resultado do confronto, que aconteceu no Estádio da Rua Paysandu, foi 3 a 1 para o Cruzmaltino. Os tentos foram marcados por Junqueira, de pênalti, para o Flamengo; Cecy (2) e Negrito, para o Vasco.

O último confronto foi no dia 16 de fevereiro deste ano, pela oitava rodada do Campeonato Carioca, quando o Flamengo derrotou o Vasco por 2 a 1. Com Rafael Nadal dando o primeiro pontapé do jogo e depois assistindo à partida no camarote, o que mais marcou foi o erro do assistente Rodrigo Castanheira. Um dos gols do Cruzmaltino, em uma cobrança de falta de Douglas, foi anulado, já que o juiz não viu a bola entrar 33 cm. Em um lance parecido, Elano cobrou falta e marcou para o Flamengo. Os outros gols do jogo foram de Fellipe Bastos, para o Vasco e Gabriel, que aos 44 minutos marcou, garantindo a vitória do Rubro-Negro.

 

© 2013-2016 - Arquibancada Online - Proibida a Reprodução Total ou Parcial sem Divulgar a Fonte.